Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Afrodite em Sex Jun 07, 2013 7:51 pm






As coisas pareciam calmas no acampamento, as coisas ocorriam como em qualquer outro dia. O céu estava de um azul perfeito e os passáros cantavam alegremente, como se tudo conspirasse por um belo e tranquilo dia.
Quíron estava na arena de treinamento com alguns filhos de Ares que lutavam entre si, ele se maninha concentrado gritando ordens e dando conselhos, que eram ou não seguidos pelos heróis.
Até que uma pomba apareceu voando, pousou no meio do campo quando uma carruagem rosa puxada por cisnes pousou ali, e uma Afrodite furiosa desceu dela, que logo partiu. Quíron odiava quando aquilo acontecia, uma deusa do amor furiosa nunca era algo bom.
Ele se aproximou tentando evitar algo pior, Afrodite ajeitava sua roupa e seu cabelo quando Quíron se aproximou, ele abriu a boca para falar algo, mas o olhar que lhe foi direcionado por Afrodite o vez voltar a fechar a boca e nada falar.
- ONDE ESTÁ DIONÍSIO?
Falou já dando as costas a Quíron que imaginou logo os deuses tentando se matar ali no acampamento, e orou a Zeus de forma silenciosa implorando para que nada acontecesse. Um muxoxo geral rodava por ali, sobre a deusa no acampamento.
Os passos da deusa eram rápidos e enraivecidos, e eram seguido por um Quíron preocupado. Na frente da casa grande Dionisio estava com sua habitual coca diet na mão sorrindo como se a raiva da deusa e o desespero de Quíron fosse algo extremamente engraçado.
- Ora, ora, ora... A bela deusa do amor por aqui? O que devemos a honra minha cara?
Falou com sua habitual indiferença.
- Onde está o meu cinturão? Eu sei que você e Hefesto são os responsáveis, eu o quero AGORA!
Falou a deusa pausadamente, Dionisio deu uma gargalhada e revirou os olhos
- Não fui eu... mas como prova de minha boa vontade enviarei um dos meus filhos para buscá-lo. Agora por que não se senta e toma um bom vinho?
A deusa deu mais um passo e o olhou nos olhos
- Se ele não me for devolvido em meu templo, em 48 horas, eu vou amaldiçoar cada um da sua decendencia e da de Hefesto.
Ela ameaçou e voltou a sua carruagem partindo dali.


Observações e Regras.
- Em seu primeiro post quero que poste como foi chamado, e sua conversa com seu pai e com Quíron (e também sua ida e chegada a Grécia), e não se esqueça de ir ao Oráculo.
- Apenas poderá ser utilizada as armas que estiverem no primeiro post em spoiler.
- Avaliarei criatividade e forma de post.
- Se utilizar algum poder deverá colocá-lo com sua descrição ao final em spoiler.
- Pode ser que durante a narrativa eu mude algumas regras....

Boa Sorte!


Missão Pablo Dellaver
template by: MM's GIRL on Tdn!

Afrodite
Afrodite

Mensagens : 6
Data de inscrição : 03/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Pablo Dellaver em Sex Jun 07, 2013 8:29 pm

Uma Missão..?



Era um dia como outro qualquer, com exessão de que eu estava em um acampamento para semideuses e morrendo de medo de por o pé fora do chalé. Já havia conhecido uma de minhas irmãs, Paola, meio revoltada, mais eu já amava muito ela acima de tudo.

Estava deitado em minha cama quando ouço batidas bruscas na porta e vozes, aquilo seria Quíron e .... Meu pai?
Me levantei e fui até a mesma abrindo-a em seguida. Os dois adentraram no chalé antes mesmo que eu pudesse dizer "olá!". Quíron parecia um tanto quanto aflito, já o meu pai, estava tranquilo como sempre.

Ouve uma troca de olhares e logo meu pai começou a falar.

- Bem, uh.. Pablo, certo? Que seja. Eu quero que vá em uma missão, deve ir a Grécia, recuperar o centurião de Afrodite e blá, blá , blá. - Ele tomou um gole de coca e continuou - Vamos! Pegue suas armas e vamos falar com a Rachel, antes que a deusa frufru do olimpo pense em voltar.

Ergui as sobrancelhas e fiquei na saída da porta parado o observando, em seguida eu o respondi.

- E por que eu faria isso?

O deus me olhou como se eu houvesse começado a terceira guerra mundial e disse.

- Por que ela bem acha que fui eu, e caso você não traga essa droga de centurião em dois dias, ela não só irá te amaldiçoar, como a todos os seus irmãos.

Aquilo me veio como uma pedra na cabeça. Nada mais falei, só peguei minhas armas e os segui.

-x-x-x-x-x

Logo chegamos a casa grande e, como se advinha-se, ali estava Rachel, parecia apreensiva com a situação, isso me deixou mais nervoso do que eu realmente estava.

A garota se sentou em uma cadeira que ali estava e apontou para que eu sentasse em outra que estava a sua frente. Dionísio revirou os olhos e deu outro gole em sua coca diet.

Me tirando da realidade, Rachel segurou em minhas mãos e me olhou com os olhos vidrados. Alguns minimos segundos depois, ela começou a falar.

"As terras antigas o filho do vinho retornará
Encontrará os primordiais que uma trama estão a aprontar
Cuidado para o perdido recuperar
E só então para a deusa do amor, entregará.
"

A garota "volta ao normal" após recitar tal "poema". Agora o olhar de meu pai era de preocupação. Algo de errado havia ali, e algo também me dizia que tinha haver com esse tal primordial.

Quíron veio caminhando até onde eu estava e disse:

- Tenho duas pérolas de Perséfone aqui comigo. Você deve pisar nelas e imaginar para onde deseja ir. Uma serve para ir, a outra serve para voltar. Tens o prazo de dois dias, não decepcione o se pai.

O velho centauro falou e me entregou as pérolas. Fiz o que ele havia mandado. Pisei em uma delas e me imaginei na grécia, mais precisamente no templo dos deuses, e assim aconteceu.

Com uma névoa eu fui transportado para o lugar imaginado e, quando cheguei, me deparei com várias estatuas dos deuses, algumas em ruinas e outras, em perfeito estado.

O que eu faria agora?

Armas Levadas:
× Tirso de ouro branco celestial [Minúsculos ramos de videiras enroscam-se em volta, mas esses não atrapalham em nada. Produzem algumas uvas raramente. Quando usado por um filho ou uma filha de Dionísio, uma conexão íntima, segura e extremamente forte é estabelecida].

× Bracelete de ouro branco celestial com pingente de cristal [Este transforma-se em escudo feito de ouro branco celestial quando tocado por um filho de Dionísio. Indestrutível. Pigente em formato de cacho de uvas].

× Adaga de Prata.







Credits Michael Lion
Pablo Dellaver
Pablo Dellaver
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 23
Localização : Camp Half Blood

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Afrodite em Qua Jun 12, 2013 9:11 pm





 
Ao entrar na lendária Grécia o semi-deus se deparou com um lugar bem diferente do que esperava, os templos estavam diferentes, todos eles possuíam entalhos nas paredes externas, frases sem sentido, provocações aos deuses. Aquilo parecia loucura, quem seria louco o suficiente para fazer aquilo? Uma afronta aos deuses?
Bem, por mais que o garoto pudesse estar curioso, tinha um serviço a cumprir e o relógio não parava, na verdade ele parecia correr.
As ruas da cidade estavam desertas, como se os moradores da região tivessem medo, as poucas pessoas que caminhavam pelas ruas usavam símbolos dos deuses, provavelmente eram os sacerdotes do templo em busca de pessoas para ajudar a arrumar os templos.
Uma menina se aproximou do rapaz, ela tinha cabelos negros, olhos azuis e não usava símbolo de deus algum, apesar de estar perto das sacerdotisas de Afrodite que conversavam animadas com um grupo de rapazes.
Ao ver o rapaz a menina correu até ele e pegou na mão dele
- As coisas estão complicadas, eles querem uma guerra e nada poderá detê-los se conseguirem uma guerra..
Ela parecia ter algo mais a dizer, mas foi chamada por uma mulher, e ao se aproximar da mulher foi como se uma nuvem se formasse e ela sumiu simplesmente, não deixando nada ali.
Ao se aproximar de um dos templos você pode perceber que as inscrições não estavam pintadas, mas entalhadas nas paredes.
 
Hey Semi-deus, hora de começar suas investigações.
 
Observações e Regras.
- Em seu primeiro post quero que poste como foi chamado, e sua conversa com seu pai e com Quíron (e também sua ida e chegada a Grécia), e não se esqueça de ir ao Oráculo.
- Apenas poderá ser utilizada as armas que estiverem no primeiro post em spoiler.
- Avaliarei criatividade e forma de post.
- Se utilizar algum poder deverá colocá-lo com sua descrição ao final em spoiler.
- Pode ser que durante a narrativa eu mude algumas regras....
 
Boa Sorte!
 
 

Missão Pablo Dellaver
template by: MM's GIRL on Tdn! 
Afrodite
Afrodite

Mensagens : 6
Data de inscrição : 03/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Pablo Dellaver em Qua Jun 12, 2013 9:29 pm

Uma Missão..?




A cidade, vazia. As pessoas, com medo. Os sacerdotes, corriam. O templo, insultado. O que estaria a acontecer?

Uma garota interrompe os meus pensamentos ao pegar em meu braço e falar deliberadamente e nervosamente olhando em meus olhos.

"As coisas estão complicadas, eles querem uma guerra e nada poderá detê-los se conseguirem uma guerra.."

O que estaria a acontecer? Me perguntei enquanto a olhava, os sacerdotes a chamaram, ela foi e em seguida... Desapareceu.

O que aquilo realmente queria dizer? O que teria haver com minha missão? Será que a guerra mencionada se referia ao fato dos deuses primordiais estarem armando uma trama? Essa trama seria se voltar contra os olimpianos? Causar uma guerra, bem, eu não sei. Mas deveria descobrir.

Continuei a caminhar atento a tudo e claro.. Atendo também a todos.

Armas Levadas:
× Tirso de ouro branco celestial [Minúsculos ramos de videiras enroscam-se em volta, mas esses não atrapalham em nada. Produzem algumas uvas raramente. Quando usado por um filho ou uma filha de Dionísio, uma conexão íntima, segura e extremamente forte é estabelecida].

× Bracelete de ouro branco celestial com pingente de cristal [Este transforma-se em escudo feito de ouro branco celestial quando tocado por um filho de Dionísio. Indestrutível. Pigente em formato de cacho de uvas].

× Adaga de Prata.








Credits Michael Lion
Pablo Dellaver
Pablo Dellaver
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 23
Localização : Camp Half Blood

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Afrodite em Sab Jun 15, 2013 1:19 pm





 
Você caminha pelas ruas, que um dia, não há tanto tempo, eram lindas e gloriosas, mas agora estavam sombrias. As pessoas ao olharem para você se afastavam, mudavam de direção o olhavam de maneira torta, com certeza você não é bem vindo por ali.
As coisas(e pessoas) estão estranhas, ainda que o cinturão não esteja ali, há algo ali. Ao pensar sobre isso, sobre a profecia e sobre o que a pequena menina lhe falara, você consegue montar o verdadeiro teor da missão, talvez o que a deusa queira não seja apenas o cinturão, mas um pequeno favor a mais que ela não tenha revelado, talvez a missão seja para o Olimpo e não apenas para uma deusa.
Você está parado, entre os templos de Hefesto e Afrodite e perto de outros, quando a menina volta a aparecer um pouco mais a frente, ela parece escrever algo no chão com um graveto, Uma pomba pequena voa sobre a cabeça dela a pousa sobre o desenho, algumas pessoas passam em sua frente e tapam a sua visão delas temporariamente, e quando você acha que voltaria a vê-la, mais uma vez ela não está lá.
Talvez você pensasse em se aproximar do desenho, talvez apenas em achar o cinturão, mas sinto lhe informar meu caro semi-deus, você não terá a chance de decidir no momento.
Uma Harpia pousou sobre um dos templos, ela mantinha algo como um sorriso, ou talvez mostrasse as presas, era difícil dizer, ela pulu de lá e usou as asas para planar e cair no chão a sua frente, os cidadãos do lugar correram, e os sacerdotes dos templos correram para dentro dos templos em busca da proteção dos deuses.
Mas a harpia não parecia preocupada com eles, ela olhava diretamente para você, e se preparava para um ataque.
 
Observações e Regras.
- Em seu primeiro post quero que poste como foi chamado, e sua conversa com seu pai e com Quíron (e também sua ida e chegada a Grécia), e não se esqueça de ir ao Oráculo.
- Apenas poderá ser utilizada as armas que estiverem no primeiro post em spoiler.
- Avaliarei criatividade e forma de post.
- Se utilizar algum poder deverá colocá-lo com sua descrição ao final em spoiler.
- Pode ser que durante a narrativa eu mude algumas regras....
 
Boa Sorte!
 
 
 

Missão Pablo Dellaver
template by: MM's GIRL on Tdn! 
Afrodite
Afrodite

Mensagens : 6
Data de inscrição : 03/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Pablo Dellaver em Sab Jun 15, 2013 10:23 pm

Uma Missão..?




As coisas que estavam acontecendo ali estavam me frustando a cada segundo. Em pensamentos como esse, sou retirado bruscamente da realidade ao rever aquela garota que segurara mais cedo o meu braço, ela desenhara algo no chão, algo que eu não iria conseguir ver em seguida, devido a uma mulher galinha ter pousado bem em minha frente. Harpia.

Olhei para aquele ser com desprezo, transformei meu bracelete em escudo e desembanhei a minha adaga.

Antes que eu pudesse olhar para ela novamente, ela voo em minha direção, fazendo eu me atirar no chão para não ser atingido por ela.

Olhei para trás, mas a mulher já me sobrevoara novamente. Como isso era possivel? Ela era rápida. Muito mais rápida que eu.

Comecei a correr em direção a mulher e, quando ela iria levantar voo novamente, eu atirei o meu escudo deixando-a tonta.

Com a adaga eu corri novamente na direção dela. Já havia se levantado. Mas não houvera tempo o suficiente para levantar voo ou sequer me atacar.

Consegui ferir a asa da mesma. Ela urrou de dor e tentou levantar voo. Mas sua asa, agora rasgada, não a permitira.

Peguei o meu escudo novamente e, como se fosse lançar um frisbie, eu o joguei na nuca dela, que caio desnorteada.

Não exitei. Fui até ela e emprenssei sua cabeça contra o chão, com a adaga em seguida cortando fora o seu pescoço. A mesma se transformou em pó ali em minha frente.

Armas Levadas:
× Tirso de ouro branco celestial [Minúsculos ramos de videiras enroscam-se em volta, mas esses não atrapalham em nada. Produzem algumas uvas raramente. Quando usado por um filho ou uma filha de Dionísio, uma conexão íntima, segura e extremamente forte é estabelecida].

× Bracelete de ouro branco celestial com pingente de cristal [Este transforma-se em escudo feito de ouro branco celestial quando tocado por um filho de Dionísio. Indestrutível. Pigente em formato de cacho de uvas].

× Adaga de Prata.








Credits Michael Lion
Pablo Dellaver
Pablo Dellaver
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 23
Localização : Camp Half Blood

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é? Empty Re: Missão para Pablo - Nem tudo é o que parece... ou será que é?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum